Pilotos da Sherco Brasil Enduro voltam de pré-temporada na Europa

Rigor Rico, Ripi Galileu e Ronald Santi – Foto: Sherco

 

Pilotos da Sherco Brasil Enduro Team retornaram ao Brasil após temporada de treinos na Espanha, Itália e França. Iniciativa inédita no Enduro brasileiro visa a preparação das motos e dos pilotos para a temporada 2017.

Os pilotos da Sherco Brasil Enduro Team, Ronald Santi e Rigor Rico retornaram ao Brasil em plena segunda-feira de carnaval. Ripi Galileu, também piloto nessa tríade, por motivos pessoais e profissionais não foi com seus companheiros de equipe, mas garante que estará junto na próxima viagem:

Os pilotos Ronald Santi, Rigor Rico e também o Team Manager da Sherco Brasil, Marcelo Vieira, partiram para o “velho continente” no dia 16 de fevereiro. O grupo chegou à Itália a tempo de assistir, “in loco”, o mundialmente famoso Hells Gate, evento de Extreme Enduro que teve como vencedor Graham Jarvis. Os brasileiros ainda puderam ver Wade Young e Mário Roman, também representantes Sherco, cravarem o terceiro e quarto lugares, respectivamente.

Ainda atônitos com a experiência do Hells Gate, seguiram para a fábrica de Trial da Sherco, na Espanha, para ver um pouco sobre o desenvolvimento dessas motocicletas. A próxima parada foi na divisão, do mesmo país, da WP Espanha, fornecedora do sistema de amortecimento da fábrica francesa e uma das mais reconhecidas do segmento. Lá puderam conhecer o QG da WP e realizar os ajustes das suspensões que serão usadas em 2017. Rigor Rico estava especialmente animado:

– É incrível o impacto que uma suspensão tem na pilotagem e performance da moto. A Sherco Factory já vem de fábrica com suspensões WP, sem dúvida um sistema muito acima no mercado. Mas imagina andar com a melhor do mercado toda ajustada pra você na fábrica? É um sonho. Já a usei e estou em lua de mel. Estou faminto em 2017. Tenho a melhor moto, com a melhor suspensão: quero brigar pelo titulo – disse.

Seguindo o cronograma, já na França, a equipe conheceu a fábrica das motos de enduro e pôde andar nos modelos que serão usados em 2017. Além disso, foi momento de fazer os  acertos de motor e suspensão a cargo da mesma equipe que é responsável pela preparação das motos dos já mencionados Mário Roman e Wade Young.

Young, que estava na fábrica, foi bem receptivo, segundo a equipe. O piloto sul-africano ainda se mostrou bem curioso acerca do Red Bull Minas Riders, evento que acontece em maio no Brasil. Nossa equipe será a responsável pelo suporte ao piloto que é um do favoritos ao titulo. Era o último compromisso da equipe antes de entrar na parte mais intensiva da eurotrip, de novo na Espanha.

Nessa última parte da viagem, na Catalunha, Rigor e Ronald ficaram “internados” em centros de treinamento onde puderam, com apoio de fábrica da Sherco e Sherco Brasil, evoluir técnicas de off-road. Assessorados por Arnau López, fera do trial que já teve companheiros de equipe do quilate de Mário Roman, Ronald e Rigor puderam treinar em terrenos diversos. Eles aproveitaram bastante o Circuit VerdMioà, uma fazenda que possui pistas de motocross, superenduro além de trilhas de extreme e hard enduro. Santi disse que foi uma experiência única:

– Os centros de treinamento que conhecemos na Catalunha são incríveis e VerdMoià não se compara a nada que já tenha visto: é gigante! A estrutura é coisa de sonho. Em se tratando de duas rodas off-road, basta escolher o que se quer fazer e pronto, está lá. Isso sem contar o Arnau, que é um cara de altíssimo nível no trial, experiente e muito dedicado a ensinar. Em Caldes de Montbuy, já em outro CT, tivemos uma recepção muito calorosa, com muitas fotos e amizades feitas. Foram tão calorosos que nos lembraram do Brasil e nos motivaram a voltar para cá ainda mais fortes. Até  esquecemos o cansaço por algum tempo (risos). Com certeza não voltamos para casa os mesmos pilotos – salientou.

A viagem dos brasileiros em busca de evolução terminou com as motos entregues na fábrica da Sherco, que será responsável pelo envio das máquinas ao Brasil. O primeiro compromisso da equipe é a abertura do Brasileiro de Enduro nos dia 18 e 19 de março.

 

Pedreira? – Foto: divulgação