Paulinho Stedile sofre grave acidente na região metropolitana de Curitiba

paulinhostedile
Paulinho estava treinando e caiu forte – Foto: Pro Tork

 

Paulinho Stedile, 35 anos, sofreu um grave acidente nesta quinta-feira, 30, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, Paraná. O piloto da equipe Pro Tork estava treinando quando caiu na recepção de um salto. Juliano Ramos, da JMR Escola de Pilotos e irmão de Jean Ramos, acompanhava o treino e prestou os primeiros socorros a Paulinho.

– Estávamos treinando o Paulinho, o Pepê (Bueno) e o Edinei. Fazíamos largadas. Era a última largada e quando eles iam completar a primeira volta, Paulinho ia na frente, saltou a mesa normal, caiu acelerando normal, mas não sei o que aconteceu, talvez tenha escapado o pé. Ele acelerou, a moto travou e lançou ele. E ele bateu com a cabeça no barranco – descreve Juliano Ramos.

– O Pepê, que vinha logo atrás, parou e eu saí correndo pra ajudar. Foi difícil tirar o capacete, ele estava desacordado, mas com respiração ofegante. Tiramos o capacete e a cabeça comecou a inchar, fechou a face dele. Ele respirava, mas estava mordendo a língua. Reanimamos ele, acalmamos ele um pouco, abrimos a boca. Colocamos ele no carro e levamos para o hospital. Não dava tempo de chamar ambulância. Com a experiência que tenho, vi que era importante ir logo para o hospital – afirma Ramos.

O trajeto até o hospital demorou cerca de 10 minutos. Juliano conta que o atendimento foi imediato.

– No carro, o Paulinho tinha consciência. Ele ajeitou o próprio banco, baixou o vidro para cuspir, e respondia as minhas perguntas com sinais. Só que a cara estava muito inchada, os olhos fechados. Chegando ao hospital, ele logo foi atendido. A irmã dele me falou há pouco (por volta das 22h) que os médicos detectaram uma perfuração no pulmão e trataram primeiro isso, primeiro a respiração. Conseguiram normalizar a respiração e agora vão fazer os exames neurológicos – diz.

Por fim, Juliano pediu aos fãs do esporte que façam orações e torçam pela recuperação do ídolo.

– Ele está entubado, na UTI, sob maiores cuidados. Torço para que ele volte bem e peço a todos que rezem de coração pela melhora dele. Vamos torcer para que ele melhore – disse Juliano.

Paulinho voltou ao motocross neste ano. Atleta muito famoso na década de 90, foi um dos grandes destaques do motocross nacional. Aos 24, se afastou da modalidade devido a um acidente que quase lhe deixou paraplégico. Agora, com 35, ele retornaria ao campeonato brasileiro motivado a brigar pelo título da categoria MX3.

 

paulinho_stedile
Paulinho voltaria a correr o Brasileiro MX neste ano – Foto: Pro Tork