Nova moto 2T da MXF é lançada durante Bananalama 2018

A MXF Motors realizou o lançamento oficial da sua moto 250 cilindradas com motor 2 tempos (MXF 250 TS) neste sábado, 7, durante o Bananalama 2018.

– Aproveitamos a grande presença de público off-road no evento para lançar o novo veículo. Estamos contentes pelas avaliações positivas que a nova moto recebeu dos visitantes – disse na ocasião João H. Montani, proprietário da MXF.

A MXF 250 TS é a primeira moto de grande porte da MXF a receber motorização 2 tempos. A ideia de trazer ao Brasil este modelo surgiu como resposta a várias solicitações do público off-road.

– Foram dois anos, entre o desenvolvimento e a fabricação, para a moto sair do papel e ser lançada no mercado brasileiro. Estamos muito felizes com o resultado e aguardando com grande expectativa a resposta do público que estava pedindo uma moto MXF 2 tempos – afirma Montani.

Segundo Luiz Henrique, diretor técnico da MXF, a moto 2 tempos 250 TS é o grande destaque da montadora para o ano de 2018-2019 e promete ser um dos carros chefes em vendas da empresa devido aos seus diferenciais competitivos.

– Um dos diferenciais dos motores 2 tempos é a sua simplicidade construtiva. Ele possui muito menos peças móveis em relação aos motores 4 tempos, o que se traduz em respostas e aumento de giro (rpm) muito rápidos, garantindo alta potência. Além disso, são muito leves, garantindo ótimo desempenho- explica Luiz Henrique, diretor técnico da MXF. Além disso, a moto 2 tempos possui manutenção muito mais simples e barata.

A nova moto da MXF é fabricada em aço cromo-molibdênio de alta resistência, possui partida elétrica e ignição com CDI, o que eleva o rendimento, melhorando o consumo e potência.

O lançamento ainda possui refinamentos técnicos somente encontrados nas grandes marcas europeias e japonesas como: válvula de escape controlada eletronicamente e sistema automático de mistura do óleo 2 tempos.

– Trata-se do Lubmatic, um sistema de injeção exclusivo que mistura automaticamente óleo à gasolina, evitando a tradicional mistura manual – conclui Montani.

> Clique aqui para ver mais detalhes