MXGP: polarização Herlings x Cairoli na MXGP?

Tony Cairoli (222) e Jeffrey Herlings (84). Irão os dois pilotos da Red Bull KTM polarizar a disputa pelo título da categoria MXGP? – Foto: mxgp.com

 

Não há dúvida: a rodada de abertura do Mundial de Motocross 2018 chamou a atenção de todos. A batalha entre Tony Cairoli e Jeffrey Herlings na categoria MXGP foi dramática e sensacional.

Herlings, o tricampeão mundial da MX2, com 68 vitórias na carreira, perdeu a corrida classificatória no sábado, além da primeira bateria no domingo, mas venceu a segunda, levando o number plate vermelho de líder do campeonato para o GP da Europa, que acontece neste fim de semana, 17 e 18, na pista de Valkenswaard, Holanda.

Cairoli, nove vezes campeão mundial, com certeza vai impor dificuldades ao jovem holandês na disputa pelo título, o que significa que teremos corridas quentes neste fim de semana na Holanda (Herlings corre em casa e é especialista em circuitos arenosos, como o de Valkenswaard).

O ex-campeão mundial Joel Smets, que atualmente trabalha para a Yamaha, teceu elogios as corridas da rodada de abertura, o GP da Argentina.

– É assim que o motocross precisa ser, com lutas heroicas. Eu vi esses caras treinando na pré-temporada, eu sei o que eles têm para oferecer. Nunca duvide do que Tony é ou não é capaz de fazer. Jeffrey está sempre pronto para o início da temporada. Às vezes, na corrida, ele precisa aumentar a velocidade e Tony costuma ser rápido desde o início. Jeffrey também precisa ser assim nas corridas – disse Smets.

Outro ex-campeão mundial de motocross, Jacky Martens sente o mesmo que seu compatriota. Ele espera algo especial em Valkenswaard. O campeão mundial das 500cc em 1993 mostra-se ansioso para testemunhar a batalha da experiência contra a juventude.

– Valkenswaard é um clássico no calendário do Mundial de Motocross. A multidão tem o privilégio de ficar muito próxima dos pilotos e acompanhar tudo de perto. Jeffrey Herlings vai correr em casa, claro, mas Tony Cairoli também é muito conhecido pelos fãs. E o GP da Argentina criou muitas expectativas! – afirmou Martens.

Já o australiano Dean Ferris, que assistiu a primeira etapa em casa, também se mostra entusiasmado e interessado em ver o que vai acontecer à medida que a temporada se desenrola.

– Foi incrível. Fiquei muito impressionado e tenho certeza que todos os que assistiram as corridas também ficaram. Foi apenas a primeira corrida, mas foi simplesmente inacreditável. Não tenho bola de cristal para saber o que vai acontecer. Tudo o que sei é que a velocidade e o nível destes dois pilotos da KTM estão acima de todos os outros. Seria bom se Gajser estivesse lá. Mas ele vai voltar neste fim de semana, acho que sua velocidade é a mesma de Tony e Jeffrey, então ele pode acrescentar muito a disputa – afirma.

Com tantas análises semelhantes, será que a disputa pelo título da categoria MXGP ficará restrita aos dois pilotos da equipe oficial Red Bull KTM? Ou Tim Gajser será capaz de entrar nessa briga e adicionar ainda mais emoção as corridas?

 

Programação MXGP Europa

Sábado, 17
12h15 – MX2 Qualifying
13h – MXGP Qualifying

Domingo, 18
9h – MX2 Race 1
10h – MXGP Race 1 / AO VIVO no Bandsports
12h – MX2 Race 2
13h – MXGP Race 2 / AO VIVO no Bandsports