Search

Ken Roczen: “os médicos disseram que poderia ser o fim da minha carreira”

Roczen nos bastidores da corrida de Daytona

 

Nesta segunda-feira, 13, Ken Roczen passa pela décima cirurgia em seu braço esquerdo. Desta vez, algo mais simples: “apenas” a retirada da “armação” externa, que segura seus ossos no lugar certo.

Sinal de que está tudo bem? Mais ou menos.

Roczen acompanhou a corrida em Daytona no sábado, 11, e concedeu entrevista durante a transmissão. Muito sincero, revelou que os médicos mostraram preocupação com a sequência da carreira do atleta, mas ele segue confiante de que voltará a sua melhor forma.

– Eu voltarei. Os médicos têm suas preocupações, mas estive na melhor clínica e eles fizeram um trabalho maravilhoso montando os pedaços do meu pulso. Porém, eles realmente disse após algumas cirurgias que poderia ser o fim da minha carreira. Foi muito grave – disse Roczen.

O piloto ainda revelou que ficou muito mal com a situação cerca de 10 dias atrás, mas que agora está confiante.

– Sou forte, posso voltar, não estou preocupado. Tenho pensamento positivo. Estava na minha melhor forma e vou voltar a ela. Comecei a fazer treinamento físicos para tentar voltar a ter a mobilidade de antes, até mesmo no meu cotovelo (esquerdo). Os dedos ainda estão bem rígidos. Mas estou fazendo tudo que posso. Os médicos me aconselharam a fazer fisioterapia duas ou três vezes por semana, e eu estou fazendo quatro. No geral, estou melhor agora, me sentindo normal – completou.

Atualização – Assista ao vídeo da retirada da “armação”:

Ex fix out and 76 stitches pulled. 100 stitches overall. My arm feels naked 😱

Uma publicação compartilhada por Ken Roczen (@kenroczen94) em

 

 

Assista a entrevista (em inglês)