Honda Racing: Avaliação dos pilotos após 1ª etapa do Brasileiro de Motocross 2018

Hector Assunção dominou a bateria – Foto: Mauricio Arruda / Vipcomm

 

A equipe Honda Racing estreou no Brasileiro de Motocross com vitória nas duas categorias principais.

Hector Assunção venceu na categoria MX1 e Gustavo Pessoa foi o primeiro na MX2 na primeira etapa da competição, realizada no domingo, 25, em Cornélio Procópio, Paraná.

Devido às fortes chuvas que caíram à tarde na cidade paranaense, a corrida da categoria Elite MX, que reuniria os 10 mais bem classificados da MX1 e MX2, não foi realizada. Por isso, valeram os resultados das primeiras baterias como resultado final da etapa.

Na MX1, Hector Assunção fez o melhor tempo nos treinos classificatórios e escolheu o gate para iniciar a prova.

– Me senti muito bem na pista, minha moto está bem acertadas, casamos muito bem. Larguei em quarto, consegui passar rapidamente, e isso era chave nesta pista. Consegui abrir vantagem e administrar. Estou muito feliz com a vitória – disse Hector Assunção.

Ficou entre os primeiros na largada embolada, mas logo assumiu a ponta. Acelerou forte sua Honda CRF 450R e administrou a corrida para vencer em 24 voltas do circuito montado no Parque de Exposições.

Chegou 9 segundos À frente do segundo colocado Dudu Lima. Carlos Campano foi o terceiro. Jetro Salazar, da Honda Racing, foi o sexto.

– Sexto na única bateria disputada neste dia. Largada ruim e um tombo me deixaram fora da briga. Vamos para a próxima! – escreveu Jetro em seu Instagram.

 

Gustavo Pessoa vence MX2

Na MX2, Gustavo Pessoa venceu uma prova eletrizante. O piloto Honda Racing travou disputa acirrada com Pepê Bueno.

Com a CRF 250R, Pessoa assumiu a liderança nos últimos metros da 23ª e última volta. Após passar a linha de chegada em primeiro lugar, a apenas 0.417 segundo à frente do rival, foi só comemorar com o time.

– Larguei mal, os dois primeiros fugiram, eu tive que tirar a diferença. Um dos meus adversários (Fabio Santos) teve problemas, consegui ir pra cima do outro oponente (Pepê Bueno) e passar na última volta. Acho que ainda tenho itens a melhorar, então vamos focados para a próxima etapa – disse Gustavo.

Pepê Bueno em segundo e Frederico Spagnol em terceiro completaram o pódio. Outro piloto Honda Racing, Lucas Dunka fechou a bateria na quarta posição.

– P-4 na bateria única da abertura do campeonato Brasileiro de motocross, agora é corrigir os erros e ir para a próxima. Quero agradecer primeiramente a Deus por tudo, todos que torceram por mim e também quero agradecer a toda equipe por ter trabalhado duro para eu alinhar no gate – escreveu Dunka no seu Instagram.

A próxima prova do campeonato será nos dias 7 e 8 de abril, em Rancho Queimado, Santa Catarina.

Os primeiros de cada categoria em Cornélio Procópio:

 

MX1

1 – Hector Assunção

2 – Dudu Lima

3 – Carlos Campano

4 – Jean Ramos

5 – Marcelo Ferreira

6 – Jetro Salazar

 

MX2

1 – Gustavo Pessoa

2 – Pepê Bueno

3 – Frederico Spagnol

4 – Lucas Dunka

5 – Leandro Araújo