França anuncia equipe para o Motocross das Nações 2018

Franceses no topo do pódio no Motocross das Nações. Será que esta cena irá se repetir pelo quinto ano consecutivo em 2018?

 

A Federação Francesa de Motociclismo anunciou na quarta-feira, 8, sua equipe para o Motocross das Nações 2018, que acontece nos dias 6 e 7 de outubro na pista de RedBud, nos Estados Unidos.

Os atuais campeões irão defender o título com Gautier Paulin, Romain Febvre e Dylan Ferrandis.

Marvin Musquin, que representou a França pela última vez no Nações 2015 e atualmente é o segundo colocado do AMA Motocross na categoria 450, pelo terceiro ano consecutivo não foi selecionado.

E olha que Musquin, que venceu a etapa de RedBud do AMA Motocross em julho, expressou seu desejo de voltar ao Nações na coletiva de imprensa pós-corrida da etapa de Muddy Creek, no Tennessee.

– Sim, especialmente porque este ano vai ser aqui nos Estados Unidos. RedBud definitivamente é o lugar onde todo piloto quer disputar um Nações. Vamos ver. Você também pode perguntar isso para o Dylan (Ferrandis) na coletiva da 250 – disse Musquin na época.

Musquin divulgou uma declaração em vídeo na sua página no Facebook, comentando a decisão da federação francesa, de não selecioná-lo.

A mensagem está em francês, mas ele forneceu uma legenda em inglês.

– Não, eu não me recusei a competir pela França. Eles é que não me escolheram, apesar de eu estar pronto, motivado… e o calendário não seria um problema. O Nações estava no meu planejamento há meses!

Posteriormente Musquin postou uma declaração por escrito, mais longa, mas não menos indignado, tecendo duras críticas ao presidente da federação francesa e os critérios de escolha dos pilotos para a equipe.

Para ler na íntegra, clique aqui.

Atualmente em sexto na classificação da MXGP no Mundial de Motocross, Paulin, que vem sendo selecionado desde 2009, será o capitão da equipe.

Febvre, campeão mundial da MXGP 2015, vai para o seu quarto Nações consecutivo.

Ele vai andar na categoria Open.

Ferrandis retorna a equipe pela primeira vez desde 2014.

Ele estava selecionado para a equipe do ano passado na MX2, mas acabou ficando fora por causa de uma lesão.

Os franceses buscarão em RedBud seu quinto título consecutivo no Motocross das Nações.

Os Estados Unidos devem anunciar sua equipe na etapa de Unadilla do AMA Motocross neste sábado, 11.