FIM suspende James Bubba Stewart por uso de anfetamina, de acordo com teste antidoping da WADA

amx4james-stewart2
Punição é provisória e piloto pode recorrer – Foto: Suzuki Racing

 

A FIM (Federação Internacional de Motociclismo) suspendeu James “Bubba” Stewart depois que a WADA (Agência Mundial Antidoping) detectou o uso de anfetamina pelo atleta na 15ª etapa do AMA Supercross 2014, em Seattle. A suspensão, de acordo com o texto divulgado pela FIM, é provisória. Bubba pode recorrer da decisão, pedindo inclusive um novo teste.

A substância encontrada no teste da WADA é anfetamina, “droga estimulante da atividade do sistema nervoso central, que faz o cérebro trabalhar mais depressa, deixando as pessoas mais ‘acesas’, ‘ligadas’ com ‘menos sono’, também conhecida como ‘rebite'”, de acordo com o Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas.

O caso ainda será analisado pelo Tribunal Disciplinar da FIM, para julgamento mais preciso e punição mais detalhada. A FIM também revelou que Ryan Dyngey e Ryan Villopoto também passaram pelo mesmo teste, mas seus resultados estavam regulares, sem substâncias proibidas.

A equipe de Bubba, Yoshimura Suzuki, foi comunicada do teste na terça-feira, 17. Ontem, 19, o time emitiu nota dizendo que estava em contato direto com a WADA para solucionar o problema.

>>> Leia a primeira notícia sobre o caso