Rumores sobre as contratações das equipes nos EUA para 2018

reed
Chad Reed estaria de saída da Yamaha

 

Chega esta época do ano e diversas equipes nos EUA começam a anunciar contratações ou renovações com pilotos para a próxima temporada.

Recentemente ouvimos que Chad Reed e Broc Tickle estariam acertados com a Red Bull KTM para 2018. Tickle já aparece no noticiário norte-americano como “quase certo”, enquanto Reed ainda é um mistério (poderia estar se acertando com a Suzuki também) e Justin Barcia começa a ser especulado para esta terceira vaga (que talvez nem exista, já que Roger De Coster já disse que teria apenas dois pilotos na 450 em 2018). Marvin Musquin já renovou com a equipe até o fim de 2019.

 

 

James Stewart?

Stewart
James Stewart – Fotógrafo: Anthony Brebant

 

Todos querem saber se Bubba voltará às competições, e as especulações sobre ele e seu irmão, Malcolm, são sempre burbulhantes. Uma das opções ventiladas é que ambos estariam em um time privado, com estreia marcada para a Monster Energy Cup, em outubro. Será?

 

 

Millsaps na Yamaha

Millsaps

 

Chad Reed, apesar de não se saber para onde vai, é quase certo que saia da Yamaha. Então, Davi Millsaps aparece na lista de prováveis companheiros de Cooper Webb. Millsaps passou por cirurgia nos dois pulsos após a temporada deste ano do Supercross e aguarda fechar com algum time para 2018. Também se especulou que Millsaps acertaria com a Red Bull KTM apenas para correr o SX (ou ele, ou Reed).

 

 

Justin Hill na 450?

Justin Hill estaria indo para a Yamaha?

 

O campeão da Costa Oeste deste ano nunca escondeu que gostaria de correr na 450. Ele tem ligação com a Monster Energy e poderia cobrir esta vaga de Chad Reed na Yamaha. Se acontecer, abre-se uma vaga na Monster Energy Pro Circuit Kawasaki na classe 250. E, uma das possibilidades seria o retorno de Martin Davalos, que deve encerrar seu contrato com a Husqvarna ao fim do ano.