Coluna MX virtual: Resultados Brasileiro e-MX 2017

 

Resumo das etapas 13 e 14 do Brasileiro de Motocross Virtual

Nesta rodada dupla, realizada na segunda-feira, 16, tivemos o início de uma nova categoria pois com o surgimento de novos pilotos cadastrados fizeram com que a organização criasse uma nova classe, conforme já estava estipulado pelo regulamento.

A INTERMEDIÁRIA, com as motos 125cc existentes no game MXGP3. Portanto, foi dado início e como o campeonato já está em andamento as etapas dessa categoria seguem a sequência acompanhando as categorias principais.

Vamos ao resumo do que aconteceu e destaques de cada categoria.

 

INTERMEDIÁRIA 125cc

13ª Etapa – pista de LOKET e 14ª Etapa – pista de Lommel

Como todos previmos, esta também seria uma categoria muito disputada, e já nas 2 baterias de Loket a briga foi intensa, vários pilotos brigando pelas primeiras posições até que os resultados final fossem definidos nas últimas voltas tanto na 13ª etapa quanto na 14ª, o piloto “Waves” saiu a frente na pontuação geral após as duas etapas, com duas baterias vencidas e o 2º lugar se alternando entra as baterias pelos pilotos Juan Freitas e Rafael Freitas o pódio ficou com Waves mesmo nas duas etapas, veja na imagem os resultados finais.

 

MX1 e MX2 – 13ª etapa

MX2 – O líder do campeonato (Francisco Gusmão) mais uma vez em noite inspirado começa arrepiando como sempre quase que imbatível faz o holeshot já na 1ª bateria em Loket, e finaliza as duas baterias em 1º lugar , seguido do piloto Cold/pres- Hugo que após ter ficado de fora da etapa passada tenta recuperar os pontos perdidos, uma tarefa quase que impossível nesta altura do campeonato pois passamos da metade e agora cabe ao líder apenas administrar a sua vantagem, Leo Gioti também marca bom resultado em Loket e vai ao pódio na 3ª posição.

MX1 – Até que enfim o piloto Giovane Borba se recupera e faz uma 1ª bateria perfeita em Loket e vence a mesma, já na 2ª bateria volta a cometer alguns erros e finaliza em 6º mais garante o 2º lugar no pódio somando os pontos da sua vitória na bateria anterior, o líder do campeonato só administrando a sua vantagem ainda assim acelera forte e faz além do holeshot na 2ª bateria mais 25 pts pela vitória e sobe ao pódio em 1º lugar, em 3 º colocado Silvim Damasceno que garantiu alguns pontos importantes para sua classificação geral pois nessa categoria não vem com muitas expectativas mas é sempre um piloto muito consistente;

 

MX1 e MX2 – 14ª Etapa

MX2 – Quase que uma reprise da etapa anterior, o diferencial foi a chuva que caiu em Lommel na 1ª bateria, mesmo assim Gusmão confirmou a vitória e Cold/pres-Hugo em 2º novamente nas duas baterias, na 2ª bateria mais uma belo resultado do piloto Jonas Dreveck em 3º lugar no overall subindo ao pódio mais uma vez, ele vem evoluindo gradativamente e mostra que será um piloto para brigar por títulos muito em breve, Leo Gioti marca mais uma holeshot e também vem se fortalecendo ao longo do campeonato;

MX1 – Tivemos pela primeira vez no campeonato uma bateria cancelada após um erro de algum piloto que acabou votando (talvez sem querer) em clima aberto, e pelo que diz o regulamento a etapa deve ser feita com clima aleatório, onde o próprio game escolhe por sorteio qual o clima para as baterias da etapa, a direção de prova foi informada apenas ao final da bateria e em acordo com as equipes e pilotos decidiram refazer a bateria deixando essa apenas como um treino, partimos para as baterias que caiu duas vezes em clima de “pista molhada” para as duas baterias, Dênis Ramos Bordin ([PRORIDER-VIGARISTA]) , líder do campeonato faz o holeshot novamente nessa bateria válida mas se atrapalha um pouco no decorrer das 5 voltas e acaba tendo um resultado não muito normal, 4º nessa abateria que foi vencida pelo piloto Giovane Borba, em 3º Bulhões marca de novo um bom resultado. Na 2ª bateria o líder faz uma prova mais concentrada vencendo a bateria garantindo a 2ª posição no pódio, Giovane finaliza em 3º nesta bateria e assumi a vice liderança do campeonato, após uma etapa h´rrivel do piloto Xaropinho 00 que vinha na briga com Giovane até a última volta conseguindo a 2ª posição após a queda dele, mas no último salto antes do “finish line” acaba escorregando e deixando 3 pilotos passarem e só finalizou em 5º, Bulhões com dois 2º lugares fecha o pódio em 3º lugar.

Obs: O clima aleatório é uma regra implantada para que o campeonato tenha uma variação de terrenos, sendo que o game oferece 5 tipos de clima para se jogar, e isso também acaba trazendo uma emoção a mais por ninguém saber qual clima vira com o sorteio, por isso o regulamento tem que ser cumprido.

 

MX3 – 13ª e 14ª etapas

13ª e 14ª etapa, nessa categoria rola apenas uma bateria em cada etapa, portanto o overall fica pela soma das duas baterias. O piloto Xaropinho 00 #800 tenta buscar a liderança novamente e trava uma disputa alucinante com o piloto FCC-Fabrício que até então vinha na 2ª posição na classificação geral dessa categoria, Xaropinho mantem se concentrado até o fim e finaliza com a vitória nessa etapa, FCC-Fabrício chega em 2º lugar com Junior Bulhões em 3º, na 14ª etapa que foi a 2ª bateria o líder atual da categoria Silvim Damasceno se recupera da bateria anterior e consegu ficar a frente de Xaropinho que havia ganho a 1ª bateria, com a disputa intensa pela liderança no geral os demais pilotos acabam se atrapalhando e errando muito, com isso Jonas Dreveck se aproveita e consegue a sua 1ª vitória em baterias, só não subiu ao ppódio devido a desconexão na 13ª etapa, o pódio dessa categoria fecha com xaropinho 00 em 1º, Silvim em 2º e FCC-Fabrício em 3º, na classificação geral fica tudo embolado novamente e a liderança está dividida pelos dois pilotos, mas como 1º critério para desempate no campeonato da a posição a frente para o pioto que obtiver maior numero de vitórias em abterias, Xaropinho 00 assumi simbolicamente a ponta por ter ganho 5 baterias contra 2 de Silvim, tudo vai seguindo indefinido e as emoções até o final estão garantidas na MX3.

 

Avaliação final

 

Mais uma vez terminamos essa “rodada dupla” que avança e passa da metade do campeonato, contentes pelas participações de todos que estiveram presentes, alguns pilotos acabam faltando devido a compromissos particulares, mas deixam a organização cientes com avisos no dia antes das etapas, agradecemos a todos pelo prestígio e pela torcida por seus pilotos, a quem acompanhou ao vivo pela transmissão no youtube, e claro aos patrocinadores do campeonato, também não podemos esquecer de agradecer novamente ao site “brmx.com.br” que nos cedeu o espaço para trazermos a todos tudo que rola no mundo do motocross virtual, procuramos o reconhecimento e valorização do nosso e-MX, pelo nível que estamos alcançando temos condições de buscar resultados importantes para o Brasil nesse mundo virtual.

 

Vagas para este “Brasileiro de Motocross Virtual”

Temos poucas vagas ainda para uma outra nova e última categoria que será criada para atender a procura de novos pilotos este ano, a categoria “NOVATOS” que também será disputada com motos 125cc, mas todos podem nos procurar para fazer o seu cadastro, pede-se apenas que tenha o jogo instalado em seu PC para confirmar seu cadastro.

No próximo ano teremos várias competições e um campeonato Brasileiro ainda maior do que o deste ano, vamos reformular o sistema de classes e categorias tentando segui o motocross real que divide suas categorias por idade, venha fazer parte da nossa liga e siga-nos em nossas mídias nas quais seguem os links.

>>> Cadastre-se em nossa liga e venha participar com a gente

 

Link da transmissão pelo youtube

 

Link da pagina Cross Racing Tv no facebook:

https://www.facebook.com/crossracingtv/?ref=bookmarks

 

Link para fazer o cadastro na liga para temporada 2018.

https://coletum.com/pt_BR/account/3207/form/2729/answer/new