Cassinho deixa organização do Mineiro MX e foca em candidatura à Câmara

Cassinho pretende se dedicar à política nacional

 

O presidente do Moto Clube Cassios Racing, Cássio Marques, comunicou esta semana seu desligamento do MXF Campeonato Mineiro de Motocross, do qual era o organizador.

Cassinho é pré-candidato a deputado federal e pretende se dedicar exclusivamente a esta nova fase de sua vida.

A decisão também foi motivada devido às dificuldades enfrentadas para fechar novas etapas.

– No início do ano, sempre tínhamos um cenário positivo, com várias sedes interessadas em receber as corridas. Mas no decorrer dos meses o cenário se modificava e os prefeitos cancelavam as participações de suas cidades. Como dependemos do poder público, começamos a ficar de mãos atadas – explica.

– Eles sempre tocam na questão da crise para dizer que não conseguem receber as etapas da competição. No entanto, acho importante ressaltar que, em diversas oportunidades, percebi que algumas pessoas nos viraram as costas por me verem como uma ameaça aos candidatos apoiados por eles – completa.

– Sempre fiz questão de promover as melhores provas, porque eu não sei fazer diferente disso. Porém, para arcar com essas despesas precisei me comprometer financeiramente e prejudicar minha família, que hoje já não possui mais o mesmo conforto de antes – afirma.

– Minha atuação agora será em Brasília. Se Deus quiser, chegarei lá para poder ajudar não só as modalidades motociclísticas, mas todos os esportes que não conseguem ter o mesmo espaço e incentivo que o futebol – diz.

Apesar de sua saída do Mineiro, Cássio garante que todos os pilotos podem ficar tranquilos, pois a competição prosseguirá normalmente.

– Conversei muito com o presidente da federação, Gustavo Jacob, e ele se comprometeu a fazer todas as três provas que estão previstas no regulamento. Ele também manterá a inscrição de todos os pilotos que já se inscreveram para a segunda etapa – finaliza.