Resultados da segunda etapa do Brasileiro de Motocross 2015 em Paty do Alferes

campano_mauhaas
Campano ganhou as duas baterias em Paty – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Em um domingo de muito sol e calor em Paty do Alferes, Rio de Janeiro, rolou a segunda etapa do Brasileiro de Motocross 2015. E o dia foi perfeito para os atuais campeões brasileiros nas categorias MX1 e MX2. Carlos Campano ganhou as duas baterias da MX1 e assumiu a liderança do campeonato. Hector Assunção também venceu as duas baterias na MX2, retomando o caminho das vitórias na classe das 250. O paulista ainda pulou da terceira para a segunda colocação no campeonato.

Apesar das vitórias duplas dos atuais campeões, houve muita disputa nas duas categorias. Campano teve a companhia de Jean Ramos e Paulo Alerto na briga pelo primeiro lugar nas duas provas. Os três imprimiram um ritmo muito forte, abrindo vantagem dos demais. Na segunda bateria, Paulo Alberto sofreu uma queda, e assim a disputa se centralizou nos pilotos Yamaha. Destaque também para as largadas de Jean Ramos, que fez o holeshot em ambas as corridas.

Na MX2, cinco pilotos se destacaram na ponta. Além de Hector, subiram no pódio Gustavo Pessoa, Pepê Bueno, Fabio “Moranguinho” Santos e Enzo Lopes, que fizeram grandes provas. Enzo, o mais jovem deles, teve um desempenho acima da sua média na MX2 e mostrou que está cada vez mais adaptado à 250. O atleta largou mal na primeira bateria e mesmo assim chegou em terceiro, e na segunda liderou boa parte da prova, até sucumbir a Hector.

O destaque negativo ficou por conta da queda de Dudu Lima na primeira bateria e a de Rodrigo Lama na segunda. Dudu machucou a mão e correu com dificuldades também na segunda prova do dia, enquanto Lama teve mais azar: deslocou o ombro e precisou de cirurgia para sarar a lesão.

A terceira etapa do Brasileiro de Motocross 2015 será em Canelinha, Santa Catarina, nos dias 1 e 2 de agosto.

 

:: Resultados de Paty do Alferes 2015

MX1

corridas_patyalferes2015_mauhaas-2
Largada da primeira bateria da MX1 – Foto: Mau Haas / BRMX

 

:: Primeira bateria

Na primeira bateria, Jean Ramos, Miguel Cordovez, Paulo Alberto, Carlos Campano, Carlos Badiali e Balbi Junior largaram na frente. Mas já nas primeiras voltas estavam definidos os três primeiros que disputaram posições em pegas épicos. Faltando cinco minutos para acabar, Carlos Campano assumiu a ponta e venceu a primeira bateria.

 

Vídeo da largada

 

Vídeo após primeira volta

Primeira volta da MX1 em Paty do Alferes: Jean Ramos, Miguel Cordovez, Paulo Alberto, Carlos Campano, Carlos Badiali.#aovivo#brmx#mx1#motocrossAcesse – www.BRMX.com.br/brasilmx-aovivo

Posted by Brasileiro Mx on Domingo, 14 de junho de 2015

paty2015_prova_mx1_primeira

 

:: Segunda bateria

Na segunda bateria Jean Ramos repetiu a boa largada, Paulo Alberto saiu em segundo e Campano em terceiro. Aos três minutos de prova o português assumiu a liderança, mas logo Jean Ramos o pressionou e Paulo Alberto acaba caindo, voltando em quinto . Quase no final da prova, Carlos Campano ultrapassa Jean Ramos e segura a posição vencendo a etapa, com uma inédita dobradinha da equipe Yamaha Grupo Geração.

 

Vídeo chegada Campano

Carlos Campano venceu a etapa de Paty do Alferes na MX1.#brasileiromx#patydoalferes#mx1#BRMX#motocross

Posted by Brasileiro Mx on Domingo, 14 de junho de 2015

 

paty2015_prova_mx1_segunda

 

:: Soma das baterias

Com duas vitórias a mais em baterias neste campeonato, Carlos Campano está na liderança dez pontos na frente do segundo colocado, Paulo Alberto, e 13 de seu companheiro de equipe, Jean Ramos, que está em terceiro.

– Estou muito feliz com o resultado. Me senti bem rápido na primeira bateria, mas na segunda estava bem cansado. Percebi que os outros estavam também e esperei um pouco para atacar. O Paulo acabou caindo e depois consegui passar o Jean. Agora estou na liderança, mas todos estão andando muito forte. Vou seguir trabalhando duro para me manter na frente – comentou Campano.

– A prova deste fim de semana não ocorreu como eu queria, mas não dá para lamentar. Agora é levantar a cabeça e pensar na próxima etapa. Preciso recuperar estes pontos perdidos – afirmou o português.

– Foi produtivo, apesar de ter deixado a vitória escapar no finalzinho. Falta acreditar um pouco mais, me concentrar um pouco melhor. São pequenas coisas que fazem a diferença. Tenho velocidade, sei disso – disse Jean, que é o melhor piloto brasileiro do campeonato.

 

Melhores momentos

paty2015_prova_mx1_soma

corridas_patyalferes2015_mauhaas-4
Carlos Campano em um de seus momentos favoritos – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Hector vence MX2

corridass_patyalferes2015_mauhaas-1
Largada da primeira bateria da MX2 – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Primeira bateria

Na primeira bateria, Gustavo Pessoa fez o holeshot, seguido de Fabinho Santos. Hector logo foi para cima e conquistou a segunda posição, e então começou a se aproximar de Gustavo, conseguindo assumir a ponta no final da prova. O piloto iniciante na categoria, Enzo Lopes, caiu na primeira volta e chegou a ficar em último, no entanto fez uma ótima prova de recuperação e terminou em terceiro.

 

Vídeo largada

Largada primeiro bateria MX2.#aovivo#mx#BRMX#mx2#patydoalferes#brasileiromx

Posted by Brasileiro Mx on Domingo, 14 de junho de 2015

 

Primeira volta

Primeira volta da primeira bateria da MX2: Gustavo Pessoa, Fabio Santos, Hector Assunção, João Ribeiro e Pepe Bueno puxam o pelotão.Ao vivo – www.BRMX.com.br/brasilmx-aovivo

Posted by Brasileiro Mx on Domingo, 14 de junho de 2015

 

paty2015_prova_mx2_primeira

Segunda bateria

O fim de semana também foi do piloto Enzo Lopes, que parecia estar confiante e largou na ponta na segunda bateria. Administrou a prova até os últimos minutos, quando acabou perdendo a posição para Hector Assunção, atual campeão da categoria.

– Eu forcei bastante na primeira bateria, e quando chegou nos 20 minutos da segunda eu estava esgotado, e não consegui segurar a posição. Estou melhorando a cada etapa e fiquei satisfeito com o resultado – destaca Enzo.

 

Melhores momentos

mx2_2bat_paty

 

Soma das baterias

Hector Assunção venceu as duas baterias em Paty do Alferes depois de conquistar o terceiro lugar na etapa de abertura. Agora, o piloto Honda está em segundo na classificação geral, atrás do companheiro de equipe Gustavo Pessoa, que acabou em terceiro na somatória da etapa carioca.

 

Largada por Endrews Armstrong

mx2_soma_paty

corridas_patyalferes2015_mauhaas-3
Hector Assunção com a bandeirada mais cobiçada – Foto: Mau Haas / BRMX

 

 

Léo Almeida é 100% na Júnior

corridas_patyalferes2015_mauhaas-1
Leonardo Almeida comemora – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Leonardo Almeida foi o nome da categoria Júnior em Paty de Alferes. Como na primeira etapa, o piloto subiu no lugar mais alto do pódio. Léo largou na frente e administrou muito bem a prova. Chegou a ser ultrapassado por Renato “Muguinho” Paz, mas deu o troco, e seguiu na frente até cruzar o arco de chegada. Quem também briga pela liderança do campeonato na categoria é Leonardo Cassarotti, que machucou nos treinos livres e não foi liberado pelo médico para correr a prova.

– Estou nessa preparação desde o ano passado. O que vai muito é a cabeça e estou firme para seguir lutando pelo Campeonato – disse Almeida.

 

Largada

Largada da Júnior em Paty do Alferes.Leo Cassarotii não foi liberado pelo médico e está fora da etapa. O piloto caiu e sente dores.Acompanhe ao vivo no www.BRMX.com.br/brasilmx-aovivo

Posted by Brasileiro Mx on Domingo, 14 de junho de 2015

 

 

Chegada Leo Almeida

Leo Almeida venceu na categoria Júnior na segunda etapa do Brasileiro de Motocross 2015. Parabéns garoto!Ao vivo -…

Posted by Brasileiro Mx on Domingo, 14 de junho de 2015

 

 

Melhores momentos

paty2015_prova_jr

 

 

Vídeo do box

Posted by Clube Radical on Domingo, 14 de junho de 2015

 

 

 

Resultados dos treinos de aquecimento (warm up)

Júnior
warmupJR

 

MX1
WARMUPMX1_PATY

 

MX2
WARMUPMX2_paty