BRMX Stats: os números do AMA MX 2018 após 7 etapas

Estatisticamente, Tomac está sendo melhor em 2018 se comparado com 2017. Exceto num detalhe: atualmente ele não lidera o campeonato na 450

 

O motocross é uma experiência humana em que o coração, a inteligência, a determinação e até a sorte têm um papel significativo.

Sim, isso é o que realmente deveria acontecer.

Porém, é apenas um elaborado jogo de números.

No final do dia, vitórias e derrotas determinam os vencedores e perdedores, bem como a quantidade de pontos marcados por cada um.

E no final da temporada, a soma total dos pontos determina quem são os campeões.

Embora existam muitos elementos envolvidos a cada etapa de um campeonato, tudo se resume a uma impressão em preto numa folha de papel branca, totalizando as estatísticas de todos os pilotos na temporada.

Tudo se resume a tentar melhorar esses números.

Os números não são tudo, mas dizem muita coisa e contam a história de um campeonato.

No sábado, 21, acontece a 8ª etapa do AMA Motocross 2018, na pista de Spring Creek, em Millville no Minnesota.

Somadas todas as sete etapas disputadas até aqui, esses são os números da temporada 2018:

 

102

Voltas lideradas por Eli Tomac em sete etapas (piloto que mais liderou voltas na categoria 450).

 

81

Voltas lideradas por Aaron Plessinger em sete etapas (piloto que mais liderou voltas na categoria 250).

 

9

Das 14 baterias disputadas na categoria 450 foram vencidas por Tomac.

 

9

Também foi o número de baterias que Tomac venceu no ano passado (num total de 24 baterias).

6

Das 14 baterias disputadas na categoria 250 foram vencidas por Aaron Plessinger.

 

3

Número de holeshots feitos por Justin Bogle e Ken Roczen na 450 (melhor desempenho na categoria até aqui).

 

3

Também foi o número de holeshots feitos por Alex Martin e Justin Cooper na 250 (melhor desempenho na categoria até aqui).

 

3

Número de vezes em que Plessinger venceu as duas baterias numa etapa na 250.

Plessinger atualmente lidera o campeonato na 250

3

Também é o número de vezes que Tomac venceu as duas baterias numa etapa na 450.

 

14

Marvin Musquin é o único piloto da 450 que finalizou todas as 14 baterias disputadas até aqui dentro do top 5.

 

5

Em cinco baterias Kyle Cunningham não pontuou por lesão ou problema mecânico. Mesmo assim ocupa o 10º lugar na classificação da 450.

 

47

Pilotos marcaram pelo menos um ponto na 450 este ano.

 

38

Pilotos marcaram pelo menos um ponto na 250 este ano.

Musquin lidera o campeonato na 450 com apenas três pontos de vantagem sobre Tomac

6

Pilotos diferentes venceram baterias na 250 em sete etapas. Surpreendentemente, Alex Martin, vice-líder na classificação, não está nessa lista.

 

33

Segundos, foi a vantagem de Tomac sobre Musquin na segunda bateria da 450 em Thunder Valley.

 

5

Segundos, foi a vantagem de Musquin sobre Tomac na primeira bateria em High Point.

Musquin (25) estava fora de ritmo nas primeiras etapas, mas aos poucos foi quebrando a sequência de vitórias de Tomac (1)

291

Após sete etapas na temporada 2017, Tomac tinha somado 291 pontos no total.

 

301

Em 2018 Tomac somou 301 pontos em sete etapas.

 

219

Musquin tinha 219 pontos nesta fase do campeonato do ano passado.

 

304

Neste ano Musquin já somou 304 pontos.