Brasileiro de Motocross 2017 chega a sua 5ª etapa neste fim de semana

Pista construída para o evento

 

Neste fim de semana de feriadão, 4 e 5, o Brasileiro de Motocross 2017 chega a sua 5ª etapa. O evento será em Tupaciguara, Minas Gerais, na região do Triângulo Mineiro.

A pista construída para a rodada tem cerca de 1.500 metros de extensão, e está no Parque de Exposição Rômulo Alvim Cunha, CAPITU. No local haverá praça de alimentação, arquibancadas, banheiros químicos, estrutura para receber todos os amantes do motocross.

Estarão em disputa as categorias: MX1, MX2, MX2JR, MXJR, MX3, MX4 e MX5.

 

Na principal categoria, a MX1, a rodada também será importante para os pilotos que querem manter a esperança pelo título. Apenas cinco pontos separam o espanhol Carlos Campano do equatoriano Jetro Salazar na ponta da tabela.

O brasileiro Dudu Lima aparece na terceira colocação, 33 pontos atrás de Campano. O português Paulo Alberto é o quarto, apenas um ponto atrás de Dudu. Jean Ramos fecha o Top5 a 52 pontos do líder.

Na MX2, o paulista Gustavo Pessoa lidera com 30 pontos de vantagem sobre Fabio Santos, também do estado de São Paulo. O terceiro colocado é o paranaense Pepê Bueno, a 45 pontos do líder.

>>> Clique aqui para ver a classificação completa!

Para as categorias MX4 e MX5, que disputam o título em apenas quatro etapas das sete previstas para a temporada, o fim de semana será de decisão.

Na categoria MX4, para pilotos a partir de 40 anos, Willian Guimarães segue na frente com 72 pontos, três de vantagem para o segundo colocado, Milton “Chumbinho” Becker. Erivelto Nicoladelli está em terceiro, com 56 pontos. Como estão em jogo 25 pontos nesta etapa, os três pilotos têm chances de ficar com o título.

Já na categoria MX5, para pilotos a partir de 50 anos, Chumbinho segue invicto, com 75 pontos. Dário de Oliveira Junior está em segundo (com 62 pontos), Claudiney Guasti em terceiro (60 pontos), e Junior Feitosa em quarto (52 pontos).

 

Programação

SEXTA-FEIRA, 3

13h às 18h – Secretaria / Vistoria: todas as classes

 

SÁBADO, 4

8h às 8h20 – Vistoria técnica: Todas as Classes

Treinos livres
8h30 às 8h50 – MX3
8h55 às 9h25 – MX2 e MX2JR
9h30 às 10h – MX1
10h05 às 10h20 – MX4 e MX5
10h25 às 10h45 – MXJR

Manutenção de pista

Treinos cronometrados
12h às 12h20 – MX3
12h25 às 12h55 – MX2 e MX2JR

Manutenção de pista

13h30 às 14h – MX1
14h05 às 14h20 – MX4 e MX5
14h25 às 14h45 – MXJR

Corridas
15h30 – MX3 – 20 min. + 2 voltas
16h – Pódio classe: MX3

 

DOMINGO, 5

Warm-up
8h às 8h15 – MX4 e MX5
8h20 às 8h40 – MX2 e MX2JR
8h45 às 9h05 – MX1
9h10 às 9h25 – MXJR

Corridas
9h50 – MX4 e MX5 – 15min. + 2 voltas
10h15 – Pódio categorias: MX4 e MX5

Manutenção de pista

11h30 – MX2 e MX2JR – 1ª Bateria – 30 min. + 2 voltas
12h30 – MX1 – 1ª Bateria – 30 min. + 2 voltas
13h20 – MXJR – 20 min. + 2 voltas
13h50 – Pódio categoria: MXJR

Manutenção de pista

14h30 – MX2 e MX2JR – 2ª Bateria – 30min. + 2 voltas
15h10 – Pódio categorias: MX2 e MX2JR
15h30 – MX1 – 2ª Bateria – 30 min. + 2voltas
16h10 – Pódio categoria: MX1

*Programação sujeita a alterações

 

O campeonato tem patrocínio oficial de Honda, Yamaha, Rinaldi e IMS. A temporada ainda tem o apoio da Mobil. A etapa conta coma a realização da Prefeitura de Tupaciguara (MG), organização da CBM e apoio de Secretaria Nacional de Esporte de Alto Rendimento, Ministério do Esporte e Governo Federal.