Bananalama 2017 reuniu mais de 3 mil trilheiros em Corupá, Santa Catarina

Largada no domingo de manhã – Foto: Mau Haas / BRMX

 

A pequena cidade de Corupá, localizada no Norte de Santa Catarina, se transformou mais uma vez no palco do maior encontro de trilheiros do mundo. O Pro Tork Bananalama 2017 reuniu 3,018 inscritos, além de um público de aproximadamente 60 mil pessoas, entre os dias 7 e 9 de julho, no Seminário Sagrado Coração de Jesus..

O ronco dos motores embalou o evento. Pessoas dos quatro cantos do Brasil e também de países da América Latina aceleraram com motocicletas, quadriciclos e UTVs em duas trilhas específicas. E a criatividade rolou solta, teve gente fantasiada e veículos para lá de exóticos.

Como a Honda CG 1979, de Felipe Kinn, muito aplaudida ao cruzar o arco de chegada. “É uma moto street, que uso no meu dia a dia. Resolvi tirar o tanque, improvisei-o em uma garrafa de refrigerante, deixei só o esqueleto mesmo, ficou engraçada. A vovozinha é guerreira, foi bem na trilha e eu me diverti bastante”, afirma o empresário de 34 anos, da cidade de Monte Negro (RS).

As mulheres também foram sensação na trilha, o número de participantes ao longo dos anos vem aumentando consideravelmente. Beatriz Lemes Almeida, de 18 anos, veio de Sorriso (MT). “Esta é minha primeira vez, vim acompanhada do meu pai, que já participou de edições anteriores. A organização está de parabéns, estou muito feliz de conhecer o evento e pretendo voltar”, disse a universitária.

De fato, não faltou emoção na trilha, nem no parque. Os shows de Nenhum de Nós e Munhoz e Mariano agitaram as noites de sexta e sábado. As atrações radicais da Pro Tork apresentaram o melhor do wheeling, drifting e motocross estilo livre, foram verdadeiros espetáculos, com efeitos especiais e a participação do público em algumas manobras.

O tradicional sorteio, um dos momentos mais aguardados da festa, encerrou o Pro Tork Bananalama 2017. Cinco pessoas foram contempladas com motocicletas MXF250F, outras cinco com CRF230F e uma com um quadriciclo Can-Am Outlander 570. Somados, os prêmios valem cerca de R$ 180 mil. Foi a maior premiação já oferecida pelo evento.

Entre os ganhadores está Ariell Baierlle, de 18 anos, que veio de Joinville pela primeira vez para curtir com os amigos. Ele encarou a trilha com uma Bros 150, outro guerreiro com moto street, e ficou extremamente emocionado ao saber que ganhou uma CRF230F. “Obrigado mesmo, de coração. Parece um sonho, não estou acreditando”, disse o lavador de carros.

Para o presidente do Clube de Trilheiros Bananalama, Fábio Espíndola, o evento foi um sucesso. “Neste ano focamos na qualidade. Pela primeira vez oferecemos trilhas distintas para motos e quadris, tivemos grandes shows musicais e atrações radicais. Gostaria de agradecer aos patrocinadores e também a população de Corupá, que sempre abraça a causa e nos ajuda a tirar o projeto do papel. Aos agricultores que nos cederam o terreno para a execução das trilhas, as famílias que colocaram suas casas a disposição dos visitantes, etc. Juntos formamos uma grande família, somos um time vencedor”, destaca.

Confira os vencedores do sorteio:

 

MXF250F

Paulo Daniel Pereira Camacho – Florianópolis
Diego Tibola – Marau
Deverly Fabian de Almeida – Eldorado
Jonathan Pereira – Joinville
Renato Rischter – Rolante

 

CRF230F

Anderson Klug – Joinville
Rodrigo Leandro Seibt – Três Passos
Ariell Baierlle – Joinville
Daiane Wulff – Corupá
Fabrício Naves – Londrina

Can-Am Outlander 570

Ederson Viganot – Descanso

 

Sobre o Bananalama

O Bananalama é considerado o maior encontro de trilheiros do mundo, recorde oficializado pelo Guinness World Records em 2013, quando foram registradas 3.312 mil participações. O evento surgiu em 2004, em Corupá, organizado pelo Clube de Trilheiros Bananalama, um ano após a sua fundação. Desde o início, o objetivo foi reunir os amantes da modalidade numa grande festa, proporcionando momentos únicos de descontração em meio a natureza. Em dez edições, o Bananalama registrou mais de 18 mil participantes, número maior que a população da cidade, que é de cerca de 15 mil pessoas.

O Pro Tork Bananalama 2017 teve o patrocínio da Pro Tork, Rinaldi, Ipiranga Lubrificantes, KG Motos – Concessionária Honda, Ciluma, Sanáutica – Concessionária Can-Am, Adrenalina – Concessionária Kawasaki, MXF Motors, AdvenTour Brasil, Suco Prats, Bella Flor, Posto Corupá – ALE Combustíveis, SCRcred – Cooperativa de Crédito e ELF Lubrificantes, Cartonagem Batistense, Impaktos MX, com o apoio de Asbanco, Prefeitura Municipal de Corupá, Câmara de Vereadores, Jeep Clube, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.