Balbi Junior responde: um dia teremos um brasileiro campeão mundial?

 

Balbi Junior, 34 anos, é uma lenda do motocross brasileiro. Um dos pilotos tupiniquins de maior destaque na história, um guerreiro, um exemplo para muitos. Tricampeão brasileiro, Balbi fez sucesso também ao se mudar para os Estados Unidos e investir muito para ser o melhor piloto que o Brasil já teve no AMA Motocross e AMA Supercross.

No dia 15 de maio, durante a primeira etapa do Brasileiro de Motocross 2016, em Limeira, São Paulo, Balbi conversou com o BRMX para falar de assuntos pertinentes ao esporte, como a formação de novos atletas, a “invasão gringa”, e responder a pergunta: um dia teremos um brasileiro campeão mundial?

Depois da entrevista publicada no Facebook do BRMX, Balbi compartilhou e escreveu o texto abaixo para complementar. Confira o que ele escreveu abaixo, e o que disse, no vídeo acima!

“Como podem perceber, quando começo a falar não paro rs… então nem tudo que disse foi ao ar. Gostaria de aproveitar o espaço, para falar de 2 pessoas que amo muito e participaram em vários momentos da minha trajetória. Max Balbi Muito obrigado pelas inúmeras horas de trabalho e também pelos anos na estrada sendo muito mais que meu Mecânico, mas sim um irmão. Mariana Balbi não preciso falar nada, vc sabe que foi e sempre será uma pessoa fundamental na minha vida! ‪#‎almagemea‬

Voltando ao nosso esporte, me preocupo com a renovação que é cada vez menor. Assisti inúmeras famílias se sacrificando, como a minha se sacrificou, para seguir o esporte e ver seus filhos serem bem sucedidos e acabaram ficando pelo caminho. Muitos atletas não conseguindo realizar os seus sonhos, realmente eu me recuso a desistir e dizer pra essas famílias que não vale a pena. Graças a ? Deus eu consegui! Quero ver o esporte crescer e porque não sonhar alto? Ver um brasileiro na ponta no AMA ou no Mundial!!! Porém como as coisas andam atualmente a tendência é regredir. Espero contribuir e alertar nossos dirigentes, organizadores, chefes de equipe, imprensa, patrocinadores, etc.”