10 respostas interessantes reveladas pela Pesquisa de Mercado BRMX 2017

819 pessoas responderam a Pesquisa – Fotógrafo: Mau Haas / BRMX

 

Pessoas de todos os estados brasileiros participaram da Pesquisa de Mercado Off-Road BRMX 2017, mostrando a força do site e de seus seguidores, que estão engajados na tarefa de engrandecer o esporte.

Foram 819 respostas entre os dias 24 de março e 13 de abril. A maioria de São Paulo (18,8%), Minas Gerais (16,5%), Santa Catarina (14%), Rio Grande do Sul (12,6%) e Paraná (7,3%).

Abaixo você confere 10 itens relevantes dos resultados tabelados pelo Data BRMX. Os ganhadores do sorteio de brindes foram divulgados neste link.

 

1 :: Quem gosta, pratica

Quase todo mundo. A Pesquisa BRMX mostrou que 89,7% do público que acompanha motociclismo off-road também é praticante de alguma modalidade com moto na terra. E a metade deles pilota pelo menos uma vez por semana.

50% pilotam pelo menos uma vez por semana.

31% pilotam de 2-3 vezes por semana.

10% pilotam uma vez por mês.

4% pilotam 4 ou mais vezes por semana.

5% quase nunca pilotam.

 

2 :: Honda na liderança

A divisão das marcas segue o gráfico acima, com a Honda na liderança em motos consumidas pela turma off-road. Yamaha aparece em segundo, com 13%, e a Kawasaki vem logo atrás, com 10,5% do mercado. KTM, Husqvarna e Suzuki estão na sequência.

 

 

3 :: Na rua também

Quase metade – 45% – do público off-road também tem moto de rua. Os dados da Pesquisa BRMX estão muito próximos dos dados da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares). O BRMX aponta a Honda como líder do segmento com mais de 70% das vendas entre o público off-road que gosta de on-road. A Yamaha aparece em segundo, com 17%, e a Suzuki em terceiro, com 4%.

 

3 :: Bike é legal

73% dos público off-road anda de bicicleta. A maioria dos usuários de bike estão divididos entre os que passeiam de vez em quando e os que utilizam a magrela para melhorar o desempenho na moto.

 

4 :: O que vai vender mais

6 dos 22 itens que entraram na Pesquisa com a pergunta “Você pretende comprar ______ nos próximos 12 meses?” se sobressaíram. Conjunto de calça e camisa, pneu, luvas, capacete, goggles/óculos e botas têm mais de 60% de intenção de compras. Destaque para “conjunto”, que 85% dos participantes vão comprar um novo nos próximos 12 meses.

 

5 :: Vamos trocar de moto?

Interessante também notar como as pessoas demonstraram que comprarão moto nos próximos 12 meses. 67% das respostas apontaram compra, sendo que 46% vão de Honda, 18% querem Kawasaki, 16% optarão por KTM, 16% por Yamaha e 4% se dividirão em outras marcas.

 

6 :: O que é importante

Perguntamos o que você acha mais importante ter uma moto off-road na hora de comprar (sem levar o preço em consideração). A maioria disse que é potência do motor em CV e suspensão. O peso da moto e partida elétrica também apareceram bem cotados. Veja o gráfico!

 

6 :: Internet segura

As compras pela internet só aumentam e o público off-road segue a tendência. De acordo com a Pesquisa BRMX, 70% das pessoas compram pela internet.

 

7 :: Marca nacional preferida (espontânea)

A pergunta era aberta e o participante respondia escrevendo o nome da marca de sua preferência, sem indução alguma. ASW Racing lidera o ranking, seguida de Honda (que não é nacional, é japonesa) e IMS Racing.

 

8 :: Marca importada preferida (espontânea)

Mesmo esquema, pergunta aberta para o participante responder escrevendo o nome da marca de sua preferência, sem indução alguma. Fox lidera o ranking, seguida de Alpinestars e Thor.

 

9 :: Piloto favorito

Jean Ramos é o piloto favorito da galera neste momento. O brasileiro mais competitivo da categoria 450 no país teve a maioria dos votos na pergunta com resposta espontânea.

 

10 :: Maioria MX

Quase a metade do público que respondeu a Pesquisa é praticante de motocross, mas a galera da Trilha (26%), do Velocross (14%) e do Enduro (5%) também compõem uma parcela significativa do público.