10 coisas importantes sobre a penúltima etapa do Brasileiro de Motocross, em Trindade

A penúltima etapa do Brasileiro de Motocross, em Trindade, Goiás, está cheia de expectativas. O evento acontece neste fim de semana, 5 e 6, pela quinta rodada da competição. Para você acompanhar tudo sem perder nada, se liga nestas informações preciosas!

 

1 :: Como está a MX1?

campano_mauhaas
Campano está em busca do tetracampeonato – Fotógrafo: Mau Haas / BRMX

 

Há mais de 100 dias sem uma etapa do campeonato, é bom refrescar a memória. Carlos Campano lidera a categoria MX1 com 159 pontos, apenas 6 a mais que Jean Ramos, o vice-líder. Paulo Alberto aparece na terceira colocação, somente 8 pontos atrás de Campano.

Detalhe curioso é que apenas a Yamaha conseguiu ganhar etapa neste ano nesta categoria. Foram duas vitórias de Jean Ramos e duas de Carlos Campano. Será que a Honda quebra esta sequência neste fim de semana?

>>> Veja a classificação completa das categorias

 

 

2 :: MX1 mais disputada

z_nickkouwenberg_teamrinaldi2016_creditogutobernardes
Nick tem 25 anos de idade – Fotógrafo: Guto Bernardes

 

A principal categoria já estava acirrada. Jean Ramos, Carlos Campano, Paulo Alberto e Jetro Salazar se destacaram nas quatro etapas iniciais, todos com pelo menos uma vitória em bateria. E, neste fim de semana, o holandês Nick Kouwenberg se junta ao grupo no gate para medir forças e quem sabe garantir uma vaga na equipe para 2017.

Ele chega com credenciais de campeão europeu, mas diz que vai para a pista sem grandes expectativas. Nesta sexta-feira, o BRMX conversou rapidamente com o amigo de Jeffrey Herlings para saber o que ele pensa. Confira!

BRMX: Esta é sua primeira experiência fora da Europa?
Nick Kouwenberg: Corri o AMA Supercross há quatro anos. Foi uma experiência muito diferente, mas tive azar, me machuquei e tive que correr machucado. Não fui a nenhum Main Event por causa disso.

BRMX: Você estava competindo na Europa? Está em forma?
NK: Não. Estava há três meses sem andar de moto porque a temporada já terminou e agora estamos vendo o que acontecerá em 2017. Também estou um pouco gripado. Por isso não espero muita coisa do fim de semana. Quero ver o que acontece e talvez fechar algo para 2017 aqui no Brasil.

BRMX: Você fica até a final do Brasileiro?
NK: Não. Tenho que voltar para a Europa na próxima semana. Tenho uma corrida, um supercross, programado para correr na Alemanha.

 

3 :: E a MX2?

paty2016_dom_mauhaas-19
Fabinho Santos lidera a MX2 – Fotógrafo: Mau Haas / BRMX

 

Na classe das 250, a vantagem também é da Yamaha. Fabio “Moranguinho” Santos lidera com 184 pontos, 14 a mais que o segundo colado, Gustavo Pessoa, da Honda, que também já venceu uma etapa nesta categoria. O terceiro colocado é Leonardo Souza, da Escuderia X, com 51 pontos a menos que Moranguinho.

Vale lembrar que lesões atrapalharam João Ribeiro e Enzo Lopes, dois pilotos que brigavam pelas primeiras colocações na MX2. Enzo, inclusive, está fora da disputa em Trindade. João Ribeiro não correu na terceira etapa, em Extrema, com lesão na perna.

Outro atleta que se destacou no início foi o paranaense Pepê Bueno, que chegou a liderar uma bateria quase por completo em Extrema, Minas Gerais, mas o cabo do acelerador estourou nos instantes finais e ele se afastou da disputa pelo título. Será que volta a fazer frente em Trindade?

>>> Veja a classificação das categorias

 

 

4 :: Como faço para ver ao vivo?

jetro_salazar_extrema_mauhaas
Jetro Salazar venceu uma bateria na terceira etapa – Fotógrafo: Mau Haas / BRMX

 

Vai passar em algum canal da Sky? Não. A única transmissão será pela internet, em vídeo disponibilizado pelos organizadores locais. Você pode ver CLICANDO AQUI.

 

 

5 :: Programação

Confira abaixo a programação do evento. Repare que categorias regionais também serão disputadas ao longo do fim de semana.

Sábado, 5

Treino livre

8h às 8h20 – MX3 + MX3 GO + MX4 GO
8h25 às 8h55 – MX2 
9h às 9h20 – MXJR 
9h25 às 9h55 – MX1
10h às 10h10 – MX50cc MXGO
10h15 às 10h25 –Estreante / MXGO
10h30 às 10h40 – MX65cc MXGO
10h45 às 10h55 – Intermediaria / MXGO
11h às 11h10 – Nacional / MXGO

Treino cronometrado

12h10 às 12h30 – MX3  + MX3 GO + MX4 GO
12h35 às 13h05 – MX2
13h10 às 13h30 – MXJR
13h35 às 14h05 – MX1 
14h10 às 14h20 – MX 50cc / MXGO
14h25 às 14h35 – Estreante / MXGO
14h40 às 14h50 – MX 65cc MXGO
14h55 às 15h05 – Intermediaria / MXGO
15h10 às 15h20 – Nacional / MXGO

Provas

15h50 – MX2  GO – 15 min + 2 voltas
16h30 – MX3 + GO – 20 min. + 2 voltas
17h – Nacional GO – 12 min. + 2 voltas
17h25 – 65cc GO – 10 min. + 2 voltas
17h50 – MX1  GO – 15 min. + 2 voltas

Domingo, 6

Warm-up (treino de aquecimento)

8h05 às 8h15 – MX4 GO
8h20 às 8h40 – MX2
8h45 às 9h – MXJR + MXJR GO
9h05h às 9h25 – MX1
9h30 às 9h40 – MX 50cc GO

Provas

10h – Intermediaria / MXGO – 15 min. + 2 voltas
10h30 – MX4 / GO – 12 min. + 2 voltas
11h – MXJR + MXJR GO 20 min. + 2 voltas

12h30 –  MX2 – 1ª Bateria: 30 min. + 2 voltas
13h30 –  MX1 – 1ª Bateria: 30 min. + 2 voltas
14h30 –  MX 50cc GO – 08 min. + 2 voltas
15h – MX2 – 2ª Bateria: 30 min. + 2 voltas
16h – MX1 – 2ª Bateria: 30 min. + 2 voltas
16h50 – Estreante / MXGO

 

 

6 :: Júnior com briga acirrada

leo_cassarotti_mauhaas
Cassarotti – Fotógrafo: Mau Haas / BRMX

 

Quatro pilotos estão na briga pelo título brasileiro da categoria Júnior. O paranaense Leonardo Cassarotti lidera a classe com 88 pontos, apenas 6 a mais que o XXXXX Tallys Nathan. Em terceiro aparece o paranaense Leonardo Nunes, 11 pontos atrás de Cassarotti. Em quarto, o gaúcho Bruno Schmitz, 16 pontos atrás do líder.

Quem leva?

 

 

7 :: MX3 tem favorito

extrema_sab_mauhaas-69
Jelen lidera com certa vantagem – Fotógrafo: Mau Haas / BRMX

 

A categoria dos pilotos com mais de 35 anos tem favorito. É o esloveno Roman Jelen, que ganhou duas das quatro baterias disputadas. Balbi Junior, que bateu o gringo nas duas rodadas iniciais, está fora da disputa por causa de lesão.  Willian Guimarães é o vice-líder, 15 pontos atrás de Jelen. André Stocovich aparece em terceiro com 30 pontos a menos que o ponteiro.

 

 

8 :: Pista do Mundial de 2014

mundialmx14dom_trindade_mauhaas-142
Local foi palco do oitavo título mundial de Tony Cairoli, em 2014 – Fotógrafo: Mau Haas / BRMX

 

A pista que recebeu o Mundial de Motocross em 2014 será o palco deste fim de semana. A organização disse que fez ajustes, mas o traçado é semelhante.

– A pista ficará 90% parecida com a do Mundial, o estilo das rampas e tamanho delas será o mesmo. Estamos fazendo algumas adequações. No Mundial ela tinha 1.850 metros de extensão, e agora ficará com 1.550. Precisamos tirar 300 metros que tinha dentro da mata, pois agora a área é de preservação ambiental – explica o construtor de pistas da CBM, Paulo Caramez.

 

 

9 :: Categorias regionais

wellingtongarcia_mauhaas
Wellington Garcia lidera o Goiano MX – Fotógrafo: Mau Haas / BRMX

 

A prova também será válida pela 7ª etapa do Goiano de Motocross. As categorias MX1, MX2, MX3, MX4, 50cc, 65cc, Estreante, Intermediária e Nacional serão disputadas. Wellington Garcia é o principal nome da região.

 

 

10 :: Ingresso free

A entrada para o evento é gratuita, de acordo com a organização. Trindade tem mais de 115 mil habitantes e está localizada a 18 quilômetros de Goiânia. É conhecida como a Capital da Fé, pois recebe anualmente milhões de visitantes, romeiros e devotos do Divino Pai Eterno.

A promoção é da prefeitura através da Secretaria de Cultura, Esporte e lazer, com organização do Moto Clube GP e supervisão da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás e da Confederação Brasileira de Motociclismo.